Relatora CIDH, Rosa Maria Ortiz investiga casos de crianças e adolescentes em zona de conflito armado no Brasil

AUTOR: CRISTIANO MORSOLIN
Os Centros de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Estado de São Paulo têm o prazer de convidar as Organizações da Sociedade Civil de Defesa de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, de Atendimento à Criança e ao Adolescente, os Movimentos Sociais e os/as Lutadores/as pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes a participar do Encontro com a Senhora Rosa Maria Ortiz, Comissária e Relatora para os Direitos da Criança pela CIDH – Comissão Interamericana de Direitos Humanos, na quinta-feira, dia 3 de Outubro de 2013 no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo.

Rosa Maria Ortiz estará no Brasil com o objetivo de colher informações para a elaboração do Relatório sobre a situação de Crianças e Adolescentes vivendo em zona de conflito armado no Brasil. Os direitos da criança e do adolescente estão sendo objeto de debates no Brasil e na Universidade Estadual de Maringá (UEM), desde sábado, dia 28, até 1º de outubro.

Verônica Müller, Coordenadora Geral do evento, professora da Universidade Estadual de Maringá- UEM – Programa Multidisciplinar de Estudos, Pesquisa e Defesa da Criança e do Adolescente-PCA, membro do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua – MNMMR e Associação de Educadores Sociais de Maringá- AESMAR, considerou que “Brasil está extremamente atrasado na história oficial da educação social- não tem a profissão do educador social regulamentada e por isso incontáveis trabalhadores da área não recebem salário e formação adequados.
O Congresso Internacional de pesquisadores e profissionais da educação social analisou a proposta de lei que está em processo para aprovação e elaborou uma proposta complementar que contempla princípios como: a busca da defesa dos direitos humanos, exigência de curso universitário para o educador social, a área da educação como sua referência básica, a não definição de sua característica pelas populações ou espaços onde trabalha e sim, pela sua função. As associações de educadores sociais brasileiras (hoje são 5) e a Associação Nacional de Educadores Sociais vão concentrar as estratégias de ação para que as propostas do Congresso cheguem a ser assumidas pela lei a ser aprovada”.

http://www.adital.com.br/site/noticia_imp.asp?lang=PT&img=S&cod=77981

O Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) é um espaço aberto de estudo, aprendizado, reflexão, inovação e de produção de conhecimento, composto por pessoas de formação multidisciplinar, engajadas e comprometidas, e com genuína vontade de transformar a sociedade. – See more at:
http://www.gvces.com.br/index.php?r=noticias/view&id=271902

http://www.consciencia.net/relatora-da-cidh-investiga-casos-de-criancas-e-adolescentes-em-zona-de-conflito-armado-no-brasil/

http://www.ecodebate.com.br/2013/10/04/brasil-relatora-da-cidh-investiga-casos-de-criancas-e-adolescentes-em-zona-de-conflito-armado-no-pais/

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
http://www.ufrgs.br/bibgeo/index.php?view=newsfeed&catid=22%3Afontes-de-informacao-em-geografia-&id=16-geografia-politica-portal-ecodebate&option=com_newsfeeds&Itemid=18

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s